Sem dúvida, esta é uma das questões mais recorrentes em nosso dia a dia desenvolvendo projetos Tray, nesse post, vamos tentar esclarecer algumas das principais dúvidas que surgem na hora de optar pela contratação de um dos planos da Tray para montar a sua loja virtual, preparado(a)? Vamos lá!

A Tray:

Melhor do que apenas lhe apresentar alguns pontos, é apresentar um pouco do backoffice da Tray, afinal, você está iniciando a sua loja virtual, esperamos que ela cresça, e isso acontecendo, quem é que estará por trás da estrutura da sua loja?
Importante salientar que a Tray, faz parte do grupo Locaweb (aqui tem bala na agulha), e que está no mercado há mais de 15 anos, isso mesmo, é uma das pioneiras no que tange e-commerce no Brasil. Ao longo dos anos vieram evoluindo e adquirindo outros players do mercado, até o momento (Outubro/2018) a última grande aquisição, foi a FBits (alguém encabeçou uma bolada daquelas), criando assim uma estrutura ainda mais forte e com uma base de clientes, que ARRISCO dizer, ser uma das maiores entre as plataformas.

“Ok Juliano, mas eae, vale a pena ou não?” – Acalmaaa esse coração!! Quando o assunto é plataforma, é extremamente importante, primeiro definir e saber o que você irá precisar (pelo menos que considera no momento) para seu projeto, veja alguns motivos:

  1. Seu negócio é B2B? Ou opera no atacado?
  2. Você é um distribuidor e quer vender por marketplace?
  3. Sua loja virtual será de roupas e acessórios e precisará utilizar variações?
  4. Você precisa iniciar um projeto com um custo baixo e ir evoluindo aos poucos?
  5. Você JÁ é uma mega empresa e quer aumentar ainda mais sua competitividade e resultados?
  6. Você é uma EUmpresa (uma pessoa e um sonho) e quer idealizar algo só nesse momento?

Se algum dos pontos acima, passa pelo menos perto de suas necessidades, a Tray pode atender, caso não tenha encontrado algo que se assimile as suas necessidades nesta lista, tenho uma notícia para vocês, ainda assim a Tray irá atender =)

A listagem acima irá te ajudar principalmente na decisão entre o modelo corporativo (voltado para empresas com mais recursos), ou o varejo (desde pequenos empreendedores até grandes, vou explicar melhor mais para frente). Esses 2 nomes, apenas ajudam a separar os clientes na base da Tray, não significa que uma loja virtual varejo, precise contratar o VAREJO, não, é apenas o nome dado para aqueles planos de menor investimento, que você consegue assinar direto pelo site deles (utilize ESSE LINK e receba 20% de desconto), e daqui em diante, os pontos que vou mencionar são MAIS FOCADOS nas lojas que assinarão algum dos planos do modelo VAREJO (em um breve futuro falarei sobre o modelo corporativo).

Recursos:

Há Tray possui mais de 200 recursos, além de ferramentas de terceiros que se integram ao sistema deles, o que sinceramente, te faz ter uma MEGA ferramenta, e em algumas vezes nem utiliza se quer 20% dos recursos. Há casos que usarão mais que outros das funcionalidades da plataforma, mas a grande verdade, é que tem coisa pra caramba, e algumas delas nem são necessárias para o seu projeto, mas se isso te conforta, estará lá, no quesito recursos, posso te afirmar é 10.

Layout:

Ah, esse ponto vale MUITO a pena comentar, a Tray é uma das plataformas com maior flexibilidade no quesito de implementação de layout (claro, que ainda há algumas limitações), mas com certeza pode ser dito, que 90% da sua ideia estrutural poderá ser aplicada, desde a versão mais simples dos planos. O motivo dessa flexibilidade, é o que eles denominam Open Code (sistema que desenvolveram para agências, profissionais ou pessoas que possuam conhecimento de HTML, CSS e JS poderem implementar a camada visual da loja). O Open Code também acaba dando abertura para implementações de funções que não são efetivas da plataforma, um bom exemplo, foi que tivemos que bloquear a loja de um cliente (navegação como um todo), e ao invés da home padrão, foi inserido um contador até a chegada da Black Friday. Seja em ações pontuais ou na implementação da sua identidade visual, a Tray fornece uma ótima estrutura para implementação com o Open Code.

Disponibilidade:

Neste ponto, eu devo ser muito realista e mencionar, que sim, haverá momentos que ocorrerão downtime (queda no acesso) em sua loja, devemos lembrar, que servidor, plataforma, integrações entre todo o universo por trás da sua loja, podem ocorrer intermitências, e isto em qualquer plataforma do mercado, em uma famosa plataforma (Vtex) na qual também possuímos diversos clientes, temos um downtime ainda mais recorrente, mas o importante, a equipe de suporte da Tray não te deixa na mão (e você não paga adicional para ter o suporte), se for alguma falha em sua loja, eles encontram o problema, se é algo geral, com certeza a equipe já estará trabalhando para solucionar.

“É melhor que a Loja Integrada”

Bom, é necessário entender que todas as plataformas possuem prós e contras, a Loja Integrada foca em ser muito fácil para o próprio usuário criar sua loja, apenas preenchendo alguns dados, a Tray também vai te oferecer isso, mas no quesito de simplicidade de uso, a Loja Integrada sai na frente. Se o seu objetivo é estar em uma estrutura que vai lhe permitir ir de 0 a 1000, com extrema flexibilidade, seja de layout, recursos entre outras possíveis integrações (como um ERP por exemplo), vai de Tray, a curva de entendimento do uso é apenas um pouco maior do que a Loja Integrada, mas a flexibilidade que você recebe se torna muito acima, e isso fará uma diferença real e palpável em seu e-commerce.

E o veredito é:

DEPENDE (podem haver fatores específicos em seu projeto que gere a necessidade de “algo adicional”).
Mas para não terminar este post sem um direcionamento geral, que esclareça se vale ou não a pena, SIM, a Tray vale a pena, é uma excelente plataforma, que vai te oferecer (como já dito) uma pancada de recursos. Ótima flexibilidade (desde layout até recursos de terceiros), e há ainda o fator custo x benefício, que por sua vez, é um dos pontos mais favoráveis na Tray, pois você terá recursos que realmente podem fazer diferença no seu negócio (desde o início) e ainda com a possibilidade de expandir o seu funcionamento com outras integrações.

Está na dúvida se conseguirá assimilar com facilidade o uso do painel na hora de administrar sua loja? Dá uma conferida no vídeo que preparei apresentando alguns pontos principais da plataforma.

 

 

Comentários
Juliano Costa

Autor Juliano Costa

Co-Founder e CMO na Trespix Marketing Digital, com mais de 8 anos de experiência em Branding, Design, Planejamento e Criação. Meu objetivo é transformar o negócio das empresas com estratégias inteligentes de marketing, branding e design.

Ver mais postagens - Juliano Costa